Santuário de Aparecida é passeio religioso e histórico

Sempre tive vontade de conhecer a Catedral Basílica de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, na cidade de Aparecida (SP). Eu ainda era criança quando ouvi falar do lugar pela primeira vez. Meus avós maternos, que moravam em Anápolis (GO), iam anualmente ao local em excursões de ônibus organizadas pela Igreja São Sebastião.

Maior do mundo

A Basílica de Aparecida é considerada a maior igreja do mundo construída em homenagem à Virgem Maria. Começou a ser construído em 1955 para substituir a Antiga Basílica levantada em 1888 e que já não comportava a grande quantidade de fieis que iam ao local rezar aos pés da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

A estrutura do santuário novo é gigantesca, muito  bonita e oferece ótimas opções de serviço. Os números impressionam. Segundo a instituição, quase 13 milhões de pessoas visitaram o local em 2017.

Catedral de Aparecida vista da parte alta da cidade
Catedral de Aparecida vista da parte alta da cidade (Foto: Juliana Ribeiro)

Este slideshow necessita de JavaScript.


Santuário de Aparecida: 9 dicas

  1. O Dia de Nossa Senhora Aparecida, 12 de outubro, é a principal data do Santuário e tudo fica lotado. Para os mais religiosos, é a melhor época para conhecer o local. Quem quiser tranquilidade, deve escolher outro dia.

  2. O estacionamento é pago. Em janeiro de 2018, o período de 24 horas custava R$ 15. Há vagas para ônibus, carros de passeio, motos, bicicletas, motorhomes e trailers. Ainda há espaço para cavalos.


  3. Os horários das missas estão disponíveis no site. Se quiser se sentar, garanta seu lugar pelo menos uns 30 minutos antes. Se for se levantar na hora da distribuição da hóstia, deixe alguém vigiando seu lugar porque há pessoas (sim, é verdade!) que aproveitam para se sentar nesses lugares vagos.


  4. O Santuário tem museu, bondinho, mirante e muitas outras opções de passeio. Alguns cobram pela entrada. Os ingressos podem ser comprados nos próprios locais. Há descontos para crianças e pessoas com mais de 60 anos. 


  5. Para almoçar e lanchar, não é preciso sair do espaço da Basílica. Há uma lanchonete no subsolo e, fora da igreja, uma grande praça de alimentação no Centro de Apoio ao Romeiro . É só seguir as plaquinhas. Evite almoçar do outro lado da Passarela da Fé, onde há poucas opções para alimentação e muitas pessoas que vão te abordar para divulgar restaurantes.


  6. Compras de lembrancinhas religiosas podem ser feitas nas lojas do Centro de Apoio ao Romeiro ou no centro comercial do outro lado da Passarela da Fé. Os preços são parecidos.


  7. O Centro de Apoio ao Romeiro tem caixas eletrônicos 24 horas.


  8. Não deixe de visitar a Antiga Basílica, que fica ao final da Passarela da Fé. Foi ali onde tudo começou e a própria cidade de Aparecida surgiu. Indico a visita, apesar da região estar bem degradada.


  9. Antes de visitar o Santuário, conheça a História de Nossa Senhora Aparecida.


Lugares para conhecer

Nicho de Nossa Senhora Aparecida

Principal lugar a ser visitado na Basílica, na nave sul do Santuário. É onde fica a imagem da Santa, a 37 metros de altura. Para a visita, é preciso entrar em uma das filas paralelas que passam bem embaixo da imagem. As pessoas têm de passar bem rápido para não atrapalhar o fluxo. A melhor visão é a da fila à direita. Já os que querem encostar na parede para rezar têm que ficar na fila à esquerda.


Mirante

Vista do Mirante da Basílica de Aparecida
Vista do Mirante da Basílica de Aparecida (Foto: Juliana Ribeiro)

Fica no 18º andar da torre da igreja, chamada de Torre Brasília, e permite uma visão de 360 graus da região. De lá é possível ver boa parte da cidade de Aparecida, o Rio Paraíba e a Rodovia Presidente Dutra. A visita é paga e os ingressos são vendidos no local.


Museu

Instalado no segundo andar da Torre Brasília, a mesma onde fica o Mirante. Possui peças históricas originais usadas para contar a história da região: o encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paranaíba, os milagres atribuídos à Santa, o surgimento da cidade de Aparecida, a construção da Antiga Basílica e do Santuário novo. A visita ao museu já está incluída no bilhete do Mirante.


Cúpula da igreja

Quem estiver caminhando dentro da igreja e olhar atentamente para a Cúpula vai conseguir ver pessoas caminhando em círculos e olhando tudo lá de cima. Esse passeio é pago e o ingresso pode ser comprado no local. O acesso ao local é feito pelo subsolo do Santuário.


Sala das Promessas

Lugar onde as pessoas deixam objetos em homenagem às graças alcançadas. Há um capacete do ex-piloto de Fórmula 1, Ayrton Senna, uma camisa da seleção brasileira do ex-jogador Zico, vestidos da ex-Miss Brasil Natália Guimarães, e lembranças de vários famosos.

Uma série de outros objetos também podem ser vistos pela sala, que tem até uma canoa de madeira em tamanho real. Há objetos para agradecer a compra de carros, a sobrevivência a um acidente, casamentos, formaturas etc.

Não deixe de conferir o teto da sala, que é coberto com milhares de fotos de fieis que agradecem pela graça alcançada. São muitas fotos.


Capela das Velas

Este slideshow necessita de JavaScript.

É possível levar suas próprias velas, mas se quiser comprar no local, há lojas do lado de fora da igreja. O destaque são as grandes velas de cor amarelo escuro vendidas em tamanhos que têm a mesma altura dos fieis que querem pagar promessas.


Outras opções de passeio

Bondinhos aéreos e Morro do Cruzeiro

Campanário

Memorial da Devoção formado por: Cine Padroeira, Museu de Cera e Cantinho dos Devotos Mirins

Memorial dos Construtores

Monumento à Nossa Senhora de Fátima

Monumento em honra a Nossa Senhora Aparecida

Morro do Presépio


Os fiéis

Fiéis visitam o Santuário de Aparecida
Fieis de várias partes do Brasil e de outros países visitam o Santuário todos os anos (Foto: Juliana Ribeiro)

Como fui em um dia útil, o local não estava lotado e foi possível conhecer bem a estrutura e, mais importante, prestar atenção nos fiéis. Eles são a alma do lugar. Têm idades variadas, vestem camisetas com nomes de cidades de diversas partes (algumas bem distantes) e sempre caminham em grupos.

Alguns tem brilho no olhar e demonstram a felicidade por estarem ali. Outros caminham com um olhar distante, bem pensativos. Fiquei tentando imaginar a história pessoal de cada um. Estão lá agradecendo ou pedindo tempos melhores? Não dá para saber.


Principais distâncias

De São Paulo: 170 km
Do Rio de Janeiro: 264 km
De Brasília: 1.144 km


Como chegar

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s